Sobre brinquedos e estereótipos

A internet nos modificou, modificou nosso comportamento e redimensionou as forças dando voz aos indivíduos. Ainda estamos engatinhando neste aprendizado, mas alguns resultados já podem ser vistos. A Pessoa do Ano de 2017 da revista Time são The Silence Breakers uma demonstração de como a facilidade de comunicação pode gerar a união em torno de Read more about Sobre brinquedos e estereótipos[…]

Naninhas Pequeno Mundo de Dante

Desafio entre virtual e concreto

O surgimento das tecnologias sempre causa impacto na estrutura como as pessoas estão organizadas. Mas, o que realmente acontece é que as tecnologias chegam, instalam-se e não há como deter este processo. As novas gerações parecem estar magicamente adaptadas às novidades e pais sentem-se apavorados, pois a criatura supera o criador e pode dominar melhor Read more about Desafio entre virtual e concreto[…]

E por que moda não binária?

Escrevo este post porque eu fico muito, muito feliz quando encontro mais e mais pessoas lindas como vocês que entendem e compartilham desta motivação de construir um mundo mais igualitário e uma sociedade mais justa e tolerante. Desde sempre temos perseguido este objetivo, e vocês me fazer realmente achar que vale a pena. Quando colocamos Read more about E por que moda não binária?[…]

As memórias que criamos

De todas as memórias que temos, as mais apreciadas são as brincadeiras. Em nossas conversas de família é assunto recorrente: “lembra que a gente colocava o plástico no chão com água e sabão e escorregava?”, “lembra que a gente colocava roupa no cachorro?”, “lembra que a gente cortou o shorts do pijama para passar o Read more about As memórias que criamos[…]

Brincando de boneca

Vou registrar os fatos . Você tira as conclusões. Quando a minha filha mais velha estava com 5 anos, trabalhávamos no clube de relacionamento de uma loja de brinquedos. Como tínhamos desconto de funcionário compramos uma boneca muito linda que chorava e alterava a expressão do rostinho, produzindo lágrimas. Fazia xixi, também. A coisa mais Read more about Brincando de boneca[…]

Lidando com a birra…

Quando a gente decide ter filhos (ou o destino decide que vamos tê-los) a gente imagina um futuro doce, romântico, digno de desenho animado, com flores e pássaros. Tudo parece ser uma longa propaganda de margarina, a família feliz. Grande choque a realidade. Aquele bebezinho lindo e rosado da revista dura pouco mais de meia Read more about Lidando com a birra…[…]

Brinquedos que gostaríamos de ver

A gente tinha muita vontade de mudar um pouco a forma como as mães, pais e principalmente a indústria vê as nossas meninas e meninos. Achávamos que os pais tinham mudado e que as perspectivas com que viam a vida tinham se alterado também. Sentíamos (na pele) que as meninas não queriam mais vestir roupas Read more about Brinquedos que gostaríamos de ver[…]