02 de abril

Ser da Marré deci! significa que a gente rompeu com alguns padrões. A gente esqueceu que cores refletem estereótipos, não nos interessa ser azul ou rosa, preto ou branco, amarelo ou vermelho. Somos de todas as cores e de nenhuma cor.

Ser da Marré deci! significa que a gente passou por cima da predefinição dos gêneros. Nós podemos brincar de boneca ou de carrinho. Podemos optar por ser homens mães ou mulheres pilotas. Não temos limites.

Ser da Marré deci! significa respeitar as opiniões, sejam elas quais forem. Concordar ou não, mas fazer questão de que todos e qualquer um possam se expressar da maneira como julguem melhor e mais sadio. Para si mesmos.

Nós da Marré deci! estamos compactuando hoje, 2 de abril, com a força de quem luta pelo direito de ser o que quiser, a despeito da opinião daqueles que insistem em dizer: você não vai conseguir!

Aqui está o depoimento de Carly Fleischmann, tirado daqui e traduzido livremente. Seja o que você quiser ser.

Muito pequena, fui expulsa da escola. Disseram que eu nunca seria capaz de conviver com as outras crianças. Costumava ouvir as pessoas falando: está ok se ela não for para a escola porque, afinal, o que ela vai fazer com o que aprender?

Hoje recebi um trabalho perfeito, superei todos os outros alunos da minha sala. Então, para todos os que disseram que eu nunca seria uma estudante normal, eu digo: Veja este trabalho perfeito. Para todos os que disseram que eu nunca aprenderia nada, eu digo: Veja este trabalho perfeito!

Para todos os que dizem que pessoas com autismo não podem aprender. Eu digo: vejam o MEU TRABALHO.

Esperamos que você possa ser muito, muito feliz!

Marina

 

visite o outletPowered by Rock Convert
Tags

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.