Hoje é o dia

 

Tem coisas que não se deixam para depois. Se você tem que fazer, faça agora. Senão passa, a oportunidade se vai, e você fica a ver navios.

Tem coisas que são importantes. Outras nem tanto. Que tal uma lista de prioridades?

Coisas que passam, que mudam, estas devem estar no topo da lista. São as prioridades zero!

Nós mudamos. Eu, você. Mudamos muito, crescemos, envelhecemos, mudamos de opinião, de formato (argh!). A prioridade zero seria EU.

Hoje, e só hoje, vou cuidar de mim. Gostar de mim com todo o meu amor. Vou ficar bonita para mim, vou ter orgulho daquilo que estou fazendo. Não porque eu faça ou seja melhor que qualquer outra pessoa, mas porque estou fazendo com todo o meu amor e com toda a minha dedicação. Vou guardar meia hora de hoje, só hoje, para fazer algo que me dê muito prazer.

Depois, mudam os nossos filhos. Crescem, tornam-se independentes, alçam seus vôos. Prioridade um? Zero-zero?

Hoje, só hoje, vou amar minhas crias incondicionalmente. Vou beijar, abraçar, lamber (figura de linguagem!!). Vou respeitar profundamente o tempo delas, deixar que tentem e errem. Hoje, só hoje, não vou terminar uma tarefa que elas começaram. Vou acreditar que  elas podem. E, se não puderem, se falharem, vou rir com elas, e dizer que hoje, só hoje, é o dia para tentar outra vez. Hoje, só hoje, vou deixar que ponham a roupa que quiserem, ainda que seja para ir na festa daquela tia que repara em tudo e que o gosto da minha cria seja sapato roxo com meia verde.

Hoje, só hoje, vou ouvir com toda a atenção tudo o que meus filhos disserem, todas as histórias que contarem. Vou deixar que falem, sem interromper, e vou fazer comentários relevantes. Hoje, só hoje, em hipótese alguma vou rir de algo que disserem, ou fazer alguma chacota. Afinal, é só hoje! Eu vou conseguir controlar meu impulso.

Hoje, e só hoje, vou deixar que sejam o que quiserem. Vou observar se as escolhas que estão fazendo são genuínas e vou tentar mostrar o melhor caminho. Hoje, vou respeitar as escolhas que fizerem.

Se você tem companhia, talvez se encaixe aqui algumas coisas que você tenha que fazer hoje, só hoje em relação ao seu parceiro. Hoje, e só hoje, você vai ouvir com atenção e desprendimento o que seu acompanhante tem a dizer. E vai tentar entender seu ponto de vista. Só hoje. Sem pressa.

Tudo isto é muito? Mas é só hoje! Claro, nada impede que você leia este texto novamente amanhã, depois de amanhã…

Marina

 

Category
Tags

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.