Naninhas Pequeno Mundo de Dante


O surgimento das tecnologias sempre causa impacto na estrutura como as pessoas estão organizadas. Mas, o que realmente acontece é que as tecnologias chegam, instalam-se e não há como deter este processo. As novas gerações parecem estar magicamente adaptadas às novidades e pais sentem-se apavorados, pois a criatura supera o criador e pode dominar melhor situações e aparelhos, melhor do que os pais. (Tem um texto que escrevi sobre isso, para quem quiser ler mais).

Além do medo que imobiliza, temos que buscar alternativas para moderar a interação de nossas crias com o que surge de novo. Isto envolve a curadoria, a definição de limites e a disciplina pessoal de não se valer das oportunidades simplesmente conforme nos seja conveniente. Difícil ser orientador.

Uma excelente alternativa para os pais é a mistura do virtual com o concreto. A Lego tem duas ferramentas muito bacanas que oferecem esta oportunidade: A Lego Digital Designer, uma plataforma que precisa ser baixada e instalada, mas tem recursos fantásticos, incluindo um banco de dados com projetos executados que podem ser vistos no passo-a-passo. A criança pode montar seu projeto e inserir no banco também. Com tempo e paciência, dá para executar um projeto desses virtual/real junto com a cria. Para quem não se vê em um projeto tão complexo, tem uma ferramenta da Google com a Lego que oferece a possibilidade de projetos mais “rapidinhos” e muito bacanas também. Claro que é imprescindível que, depois de um tempo, a cria brinque sozinha também. Isso vai gerar a autonomia que todos nós precisamos tanto!

Mas nem toda a interação precisa ser tão “interativa, certo? Tem momentos que a criança precisa relaxar e simplesmente ficar entretida. Para isso a animação é muito bom. (Aqui tem um texto falando sobre ferramentas para controlar o uso do YouTube.)

Tivemos a oportunidade de encontrar o pessoal da Plok Moon e foi um prazer imenso conhecer o trabalho deles.  O trabalho é nacional, dirigido para crianças, extremamente bem feito e criativo. Eles produziram uma série, O Pequeno Mundo de Dante, e convidamos você a conhecer. Os personagens são coloridos, os temas leves, mas pertinentes, a linguagem é universal.

A Marré deci desenvolveu uma linha de naninhas com os personagens dos filmes, com o intuito de aproximar o virtual e o real, possibilitando à criança representar, reeditar, contracenar com o conteúdo que visualiza na animação. E quem cuida pode usar o recurso também, como forma de interagir com a criança através do personagem. As naninhas são feitas de material com um toque muito especial, que permite brincar, abraçar, dormir.

Esperamos que vocês gostem das nossas dicas! E compartilhem como usam as tecnologias com seus pequenos!

blog da marré deci

Category
Tags

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.