Ouvir muito para melhorar sempre

Disse o escritor inglês John Heywood: Roma não foi feita em um dia, mas eles estavam colocando tijolos o tempo todo. Para quem empreende, esta frase serve como mantra. A cada dia um tijolo. Planejamento é necessário, embora muitas e muitas vezes a parede pode vir ao chão, simplesmente para nos contar que aquele plano… parecia Read more about Ouvir muito para melhorar sempre[…]

Estereótipo e preconceito

Estereótipo e preconceito

Uma vez eu fui na casa de uma amiga e estacionei na garagem do prédio. De repente, bateu o interfone. Ela atendeu e voltou meio sem graça, dizendo que o marido tinha chegado e que precisava da vaga. Eu me despedi, desci pelo elevador, quando abri a porta ele estava me esperando muito empertigado, e Read more about Estereótipo e preconceito[…]

Acabar com os estereótipos – desde o berço

Acabar com os estereótipos – desde o berço

Já aconteceu de você estar subindo uma escada e, por uma razão qualquer, uma distração, você calcula mal a altura do degrau e quase cai? Ou quando você vai sentar e o assento está mais baixo do que você inferiu? Que estranho é isso não? O nosso cérebro faz todos estes cálculos em frações de Read more about Acabar com os estereótipos – desde o berço[…]

Ano do Cão – 2018

Ano do Cão – 2018

O calendário chinês obedece o movimento da lua. Por isso a data de início dos anos chineses é variável e diferente da que utilizamos no calendário gregoriano. Hoje, 16 de fevereiro de 2018, tem início o ano do Cão de Terra. E veja só, em silêncio! Apesar de terem eles mesmos inventado os shows pirotécnicos para Read more about Ano do Cão – 2018[…]

Não nasci para ser mãe

Não nasci para ser mãe

Tem uma frase famosa da Simone de Beauvoir: “ninguém nasce mulher, torna-se”. No sentido de que há tantas nuances e tantos desafios em simplesmente ser mulher, que é preciso aprimorar, crescer, amadurecer. O que dizer da maternidade? Sabemos que não há paraíso nenhum onde que a gente possa padecer, mas sim um processo árduo, física Read more about Não nasci para ser mãe[…]

Sobre brinquedos e estereótipos

Sobre brinquedos e estereótipos

A internet nos modificou, modificou nosso comportamento e redimensionou as forças dando voz aos indivíduos. Ainda estamos engatinhando neste aprendizado, mas alguns resultados já podem ser vistos. A Pessoa do Ano de 2017 da revista Time são The Silence Breakers uma demonstração de como a facilidade de comunicação pode gerar a união em torno de Read more about Sobre brinquedos e estereótipos[…]

[5 anos de Marré deci] Em busca do body perfeito

[5 anos de Marré deci] Em busca do body perfeito

Quando começamos lé em 2012, os nossos bodies eram de malha 100% algodão, mas utilizávamos a meia malha, essa de camiseta. Sempre trabalhamos com malha boa, mas essa não tem muita elasticidade e você reclamou que era difícil de vestir. Buscamos alternativas, fomos atrás de novos insumos, pesquisamos fornecedores, desenvolvemos modelagem e o resultado foi Read more about [5 anos de Marré deci] Em busca do body perfeito[…]

Roupa sem gênero, é?

Roupa sem gênero, é?

  – Sem gênero, é? Ah, que legal. Daí fica mais fácil para dar presente. – É… mas não é só isso. == – Sem gênero, é? Mas vai ter saia para menino? – Não exatamente. É sem diferenciação por gênero, lembra? Não é específico para menino ou para menina. É para quem quiser vestir. Read more about Roupa sem gênero, é?[…]

Combatendo o estereótipo

Combatendo o estereótipo

O fato de oferecermos uma gama de produtos sem demarcação binária por gênero faz parte de uma proposta que (embora inclua) vai além de oferecer mais opções de cores. Não é que a gente não goste de rosa, ou de azul. O que nos incomoda é o estereótipo. Meninas podem e devem vestir-se como gostam, Read more about Combatendo o estereótipo[…]